Participe dos workshops gratuitos
SP_Urban Digital Festival
O festival visa expandir o conceito de arte ao estabelecer um canal de divulgação cultural como parte integrante da cidade. Seu objetivo é fundir arquitetura, arte e mídia através de novas tecnologias. Localizado nas imediações da Av. Paulista, o SP_Urban utiliza a fachada do Edifício FIESP/SESI como principal interface e se estende pela Alameda das Flores, a passagem de pedestres que liga a Paulista à Rua São Carlos do Pinhal. Toda essa estrutura forma um organismo vivo meio ao cenário urbano paulistano, no qual artistas nacionais e internacionais propõem reflexões intrínsecas da metrópole com seus habitantes.

Inspirada na expressão “Digital Afterimage” a terceira edição do festival vislumbra a repercussão da arte digital urbana atual nas próximas décadas. Uma "Afterimage" é um fenômeno de ilusão de ótica, onde a imagem continua a aparecer na visão e na mente da pessoa depois que a imagem original desaparece. É a memória visual curta, a impressão ou o efeito da imagem anterior, também chamado pós-imagem.

Atualmente, os artistas estão explorando ferramentas e experimentações digitais simultaneamente com as possibilidades tecnológicas, confrontando os paradigmas artísticos anteriores. Daqui a algumas décadas, a prática da arte digital de hoje irá ressoar para uma nova geração de artistas, como “afterimages” de um período influenciado por idéias particulares, visões artísticas urbanas, desafios estéticos e tecnológicos. Qual será a pós-imagem da arte digital urbana de hoje? O que vai ficar?

A terceira edição do SP_Urban Digital Festival considera a ressonância da arte digital, sua função e significado cultural no espaço público. Questiona as ideias artísticas, métodos, e curiosidades que estão moldando as linguagens atuais da arte digital em telões e fachadas urbanas. Contempla como as visões atuais da arte digital urbana impactarão as práticas futuras.

O SP_Urban conta com curadoria de Marília Pasculli (Brasil), Tanya Toft (Dinamarca) e consultoria de Mike Sttubs (Reino Unido).

Para ler o texto curatorial de Tanya Toft, clique aqui.
site por msalviano. Copyright © 2012-2013 Todos os direitos reservados.