ENGLISH PORTUGUÊS
FESTIVAL DE ARTE DIGITAL 2016
MUTI RANDOLPH

No mundo do designer e artista Muti Randolph, som é imagem, artes gráficas se tornam arquitetura, superfícies planas ao mesmo tempo são profundas e têm movimento – e nada fica do mesmo jeito por muito tempo. Mesclando alta e baixa tecnologia, hardware e software, arte e design por quase duas décadas, o carioca mudou a natureza da arquitetura dos clubes noturnos e já fez de tudo – de cenografia e instalações artísticas a passarelas de moda, pistas de dança e interiores de loja.

Para o SP_Urban, Muti Randolph desenvolveu um software que gera, em tempo real, objetos em 2D e 3D e controla estas imagens a partir de qualquer parâmetro: quantidade, forma, resolução, cores, luz, câmera, velocidade e muitos outros recursos, que podem reagir a uma determinada frequência de áudio. Por ser generativo e não baseado na repetição de loops, o resultado é orgânico. E, ao usar o som ao vivo como input e oferecer total controle sobre ele, a sincronização é precisa.

Vale dizer que foi Muti Randolph o artista visual por trás da cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos.

muti-tubo-b (1)

LOCAIS
ARTISTAS

EDIÇÕES
BLOG
Veja as fotos do SP_Urban 2016
SP_Urban Digital Festival espalha arte digital pela cidade
Saiu o resultado da convocatória 2016!
VER POSTAGENS ANTERIORES

CURADORIA E PRODUÇÃO
Escreva para o SP URBAN
NOTÍCIAS POR E-MAIL
2017 — SP URBAN DIGITAL FESTIVAL