ENGLISH PORTUGUÊS
FESTIVAL DE ARTE DIGITAL 2016
Um relato sobre a Tour Synap.sys Europa 2016, do VJ 1mpar
PUBLICADO EM 01 jul 2016

O SP_Urban Digital Festival conversou com o artista e performer audiovisual Henrique Roscoe (aka 1mpar) que está finalizando sua tour Synap.sys Europa 2016. Do velho continente, o VJ baiano radicado em Belo Horizonte, contou todos os detalhes em primeira mão.

um-relato-sobre-a-tour-synap-sys-europa-2016-do-vj-1mpar

1mpar foi selecionado no início deste ano para a Bienal de Arte Digital Bains Numeriques em Paris e na ICLI – International Conference on Live Interfaces para um evento sobre novas interfaces em Brighton, UK. “Como os dois eventos aconteceriam num período de um mês, fui atrás de outros lugares onde pudesse apresentar meu trabalho enquanto estivesse na Europa. Consegui outros três lugares para tocar: em Berlin no Spektrum; em Barcelona na Telenoika (onde também dei um workshop); e em Londres, na Gas Station, onde apresentei outro trabalho, a instalação PONTO, um videogame sem vencedor”, contou ele.
Assista: Hol/Dot (PONTO)

O mote da turnê foi a performance audiovisual intitulada de Synap.sys, que faz parte do projeto HOL, criado em 2008 pelo artista, com o objetivo de criar trabalhos unificados em som, imagem, conceito, programação, construção de interfaces e ambiências cenográficas. “Synap.sys são lembranças do passado ou do futuro, coletivas ou pessoais, instintos ou conhecimentos adquiridos com o tempo”, define 1mpar sobre sua performance que tem uma durabilidade de aproximadamente 45 minutos e é executada ao vivo através de uma interface criada pelo próprio artista.

O instrumento desenvolvido para a performance controla a maioria das ações, contendo uma parte analógica, três cordas de guitarra, um captador e uma parte digital que recebe a informação de cada ligação entre os conectores e as enviam para o computador através de um arduino. No computador, esta informação é processada pelo software Max/Msp (que também sintetiza as imagens) e pelo Ableton Live que faz parte dos sons, junto com o Max. “Este instrumento simboliza as ligações que acontecem no cérebro humano: as sinapses, que fazem as ligações entre neurônios a fim de permitir a codificação de informações adquiridas pelos nossos sentidos, a gravação destas ao longo do tempo além de servir de fonte para nossas lembranças”, explica o artista.

Assista a performance Synap.sys:

Synap.sys estreou no Festival Multiplicidade, no Rio de Janeiro, em Outubro de 2014 e depois passou por Encounters Film Festival (Bristol, UK), Sonica (Glasgow, Escócia), Biennale Bains Numeriques (Paris, França), Spektrum (Berlin, Alemanha), Telenoika (Barcelona, Espanha), Anilla Cultural (Santiago, Chile), Kino Beat (Porto Alegre), entre outros.

Neste sábado, dia 02 de julho, Henrique Roscoe fecha com chave de ouro sua Tour Synap.sys Europa 2016 em Brighton, na Inglaterra, se apresentando no evento International Conference on Live Interfaces.

um-relato-sobre-a-tour-synap-sys-europa-2016-do-vj-1mpar-2

Todas infos sobre o Live Interfaces at Bleach através do link www.liveinterfaces.org por Denise Lara e Henrique Roscoe (VJ 1mpar).

LOCAIS
ARTISTAS

EDIÇÕES
BLOG
Veja as fotos do SP_Urban 2016
SP_Urban Digital Festival espalha arte digital pela cidade
Saiu o resultado da convocatória 2016!
VER POSTAGENS ANTERIORES

PATROCÍNIO
CURADORIA E PRODUÇÃO
APOIO
REALIZAÇÃO
Escreva para o SP URBAN
NOTÍCIAS POR E-MAIL
2017 — SP URBAN DIGITAL FESTIVAL